Porque o Multinível é o Negócio Do Século?

"O Marketing Multinível é para todo mundo, mas nem todos são para o Multinível"

Pensei e repensei minha apresentação, mas optei por não mexer em nada. A única conclusão a que cheguei foi que esse negócio é realmente muito poderoso. E por estar aberto à qualquer um, é tão incompreendido. Pensar que pessoas estão ganhando milhões partir de um investimento de algumas centenas de reais, num kit inicial, não é algo muito confortável aos padrões a que nossa razão está acostumada. E não é uma alteração em minha apresentação que vai fazer mais pessoas "enxergarem a lebre do Marketing de Rede". "Se você não conseguir ver com seus próprios olhos, não serei eu quem fará isso por você", me disse um grande líder desse setor.

Só o MMN possibilita as condições de um grande negócio ao empreendedor comum

As horas que gastei analisando minha apresentação não me fizeram modificar o que eu já vinha fazendo, mas sim, enxergar de uma maneira diferente o solo onde eu estava pisando. Ao mergulhar em pensamentos sobre o poder do multinível, eu compreendi que apenas esse setor permite ao empreendedor comum iniciar um negócio que conta com os atributos dos grandes empreendimentos da atualidade. Diferentemente do tempo dos nossos avós, onde dizia-se que negócio bom era "algodão e boi, pois um vestia o homem e o outro enchia sua barriga", estamos numa era onde a predominância é do virtual, do soft, das idéias. 

Se analizarmos bem, as três maiores fortunas da atualidade são baseadas no conceito do virtual: Software (Bill Gates), Mercado de capitais (Warren Buffet) e E-Commerce (Jeff Bezos) e esses setores tendem a crescer cada vez mais. 

Ambos estão lastreados no poder de uma "grande idéia" e contam com uma forte capacidade de duplicação. E o que tudo isso nos lembra? O Marketing Multinível. Porém, quantas pessoas no mundo dispõem de recursos para empreender nesses setores? Assim, o MMN é uma possibilidade de empreendedorismo, altamente sofisticada, que contempla as particularidades dos maiores negócios da atualidade e está de portas abertas à qualquer pessoa.

Atravessando a ponte da crença

Se você é distribuidor de alguma companhia de Marketing Multinível e ainda não se sente confortável em proclamar isso em alto e bom tom, tenho dois conselhos à lhe dar:

1 - Reflita sobre tudo o que leu acima. Pense que está num setor que assemelha-se aos mais cobiçados ramos da atualidade. E, melhor, lembre-se que além de estar nesse negócio, ainda poderá compartilhá-lo com quem quiser.

2 - Esforce-se ao máximo para ter convicção de tudo isso - e só então comece a trabalhar. Caso contrário, seu negócio não irá muito longe. Se você, que é um player da indústria, não acreditar que o Multinível é o negócio do século, quem mais o fará?